Tiago 5

Almeida Revista Atualizada


Condenação dos ricos opressores

1  Atendei, agora, ricos, chorai lamentando, por causa das vossas desventuras, que vos sobrevirão.

2As vossas riquezas estão corruptas, e as vossas roupagens, comidas de traça;

3o vosso ouro e a vossa prata foram gastos de ferrugens, e a sua ferrugem há de ser por testemunho contra vós mesmos e há de devorar, como fogo, as vossas carnes. Tesouros acumulastes nos últimos dias.

4Eis que o salário dos trabalhadores que ceifaram os vossos campos e que por vós foi retido com fraude está clamando; e os clamores dos ceifeiros penetraram até aos ouvidos do Senhor dos Exércitos.

5Tendes vivido regaladamente sobre a terra; tendes vivido nos prazeres; tendes engordado o vosso coração, em dia de matança;

6tendes condenado e matado o justo, sem que ele vos faça resistência.

Exortação à paciência. Acerca do juramento, da oração e da conversão de pecadores

7Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas.

8Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima.

9Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que o juiz está às portas.

10Irmãos, tomai por modelo no sofrimento e na paciência os profetas, os quais falaram em nome do Senhor.

11Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo.

12 Acima de tudo, porém, meus irmãos, não jureis nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outro voto; antes, seja o vosso sim sim, e o vosso não não, para não cairdes em juízo.

13Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores.

14Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor.

15E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.

16Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.

17Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos, e orou, com instância, para que não chovesse sobre a terra, e, por três anos e seis meses, não choveu.

18E orou, de novo, e o céu deu chuva, e a terra fez germinar seus frutos.

19Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter,

20sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados.



Comentários

Tradutor

3° trimestre 2024