Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

Desenvolvendo os talentos na evangelização até Jesus voltar

leitura diária Desenvolvendo os talentos na evangelização até Jesus voltar


Leitura Diária Mateus 25
19. “Depois de muito tempo o senhor daqueles servos voltou e acertou contas com eles.
20. O que tinha recebido cinco talentos trouxe os outros cinco e disse: ‘O senhor me confiou cinco talentos; veja, eu ganhei mais cinco’.
21. “O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor! ’
22. “Veio também o que tinha recebido dois talentos e disse: ‘O senhor me confiou dois talentos; veja, eu ganhei mais dois’.
23. “O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor! ’
24. “Por fim veio o que tinha recebido um talento e disse: ‘Eu sabia que o senhor é um homem severo, que colhe onde não plantou e junta onde não semeou.
25. Por isso, tive medo, saí e escondi o seu talento no chão. Veja, aqui está o que lhe pertence’.
26. “O senhor respondeu: ‘Servo mau e negligente! Você sabia que eu colho onde não plantei e junto onde não semeei?
27. Então você devia ter confiado o meu dinheiro aos banqueiros, para que, quando eu voltasse, o recebesse de volta com juros.
28. ” ‘Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez.
29. Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado.
30. E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes’ “.
Reflexão

Você já se perguntou qual é o seu talento? E como você pode usá-lo para evangelizar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus? Neste post, vamos refletir sobre como podemos desenvolver os nossos talentos na evangelização até Jesus voltar.

O que são talentos?
Talentos são habilidades, dons ou capacidades que Deus nos deu para cumprirmos o nosso propósito de vida. Eles podem ser naturais ou adquiridos, e podem se manifestar em diversas áreas, como artes, ciências, esportes, comunicação, liderança, etc.

Talentos não são apenas para nosso benefício pessoal, mas também para a glória de Deus e o bem do próximo. Por isso, devemos usá-los com responsabilidade, gratidão e generosidade.

 

Como desenvolver os talentos na evangelização?

Desenvolver os talentos na evangelização significa colocá-los a serviço do Reino de Deus, buscando alcançar as pessoas com a mensagem do Evangelho através das nossas habilidades. Para isso, precisamos:

– Reconhecer os nossos talentos: O primeiro passo é identificar quais são os nossos talentos e como eles podem ser úteis para a evangelização. Podemos fazer isso orando, pedindo a orientação de Deus, e também conversando com outras pessoas que nos conhecem bem e podem nos dar feedbacks.

– Aperfeiçoar os nossos talentos: O segundo passo é investir tempo, esforço e recursos para melhorar os nossos talentos, buscando a excelência no que fazemos. Podemos fazer isso estudando, praticando, participando de cursos, oficinas, workshops, etc.

– Compartilhar os nossos talentos: O terceiro passo é usar os nossos talentos para evangelizar as pessoas que estão ao nosso redor, seja na família, na escola, no trabalho, na igreja ou na sociedade. Podemos fazer isso criando oportunidades, projetos, eventos, conteúdos, etc., que mostrem o amor de Deus e o plano de salvação através das nossas habilidades.

 

Por que desenvolver os talentos na evangelização até Jesus voltar?

Desenvolver os talentos na evangelização até Jesus voltar é uma forma de obedecer ao mandamento de Jesus de fazer discípulos de todas as nações (Mateus 28.19-20). É também uma forma de sermos fiéis à missão que Deus nos confiou de sermos sal da terra e luz do mundo (Mateus 5.13-16). E é ainda uma forma de nos prepararmos para o dia em que Jesus voltará e nos pedirá contas dos talentos que Ele nos deu (Mateus 25.14-30).

Portanto, não devemos enterrar os nossos talentos, mas multiplicá-los na evangelização até Jesus voltar. Assim, poderemos ouvir dele as palavras: “Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco; eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor!” (Mateus 25.21).

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: Desenvolvendo os talentos na evangelização até Jesus voltar
  • Last updated: 

Comentários