Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

O amor confirma a nossa vocação para a obra missionária

leitura diária O amor confirma a nossa vocação para a obra missionária


Leitura Diária Filipenses 2

4. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.

Tiago 1

27. A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.

Tiago 2
14. Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo?
15. E, se o irmão ou a irmã estiverem nus, e tiverem falta de mantimento quotidiano,
16. E algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos, e fartai-vos; e nào lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito virá daí?
17. Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma.
Reflexão

O amor confirma a nossa vocação para a obra missionária. Essa é uma verdade que devemos sempre lembrar e praticar em nossa vida cristã. O amor é a essência do evangelho, o motivo pelo qual Deus enviou seu Filho ao mundo, e o mandamento que ele nos deu: amar a Deus e ao próximo. O amor é o que nos move a sair da nossa zona de conforto e ir ao encontro das pessoas que precisam conhecer a Cristo. O amor é o que nos faz sacrificar nossos interesses pessoais e investir nosso tempo, recursos e dons na expansão do Reino de Deus. O amor é o que nos capacita a enfrentar as dificuldades, os desafios e as perseguições que podem surgir no caminho da missão.

Mas como podemos cultivar esse amor em nosso coração? Como podemos manter a chama do amor missionário acesa em nossa vida? Aqui vão algumas dicas que podem nos ajudar:

Oração: A oração é o meio pelo qual nos comunicamos com Deus e expressamos nosso amor por ele. A oração também é o meio pelo qual recebemos o amor de Deus por nós e pelas pessoas que ele quer alcançar. A oração nos sintoniza com o coração de Deus e nos faz sensíveis à sua voz e à sua vontade. A oração nos fortalece na fé e na esperança, e nos enche do Espírito Santo, que é o amor de Deus derramado em nossos corações (Romanos 5:5). A oração deve ser uma prática constante em nossa vida, pois sem ela não podemos ter um relacionamento íntimo com Deus nem cumprir sua missão.

Palavra: A Palavra de Deus é a fonte da verdade e da vida. Ela nos revela quem é Deus, quem somos nós, qual é o seu plano para a humanidade e como devemos viver para agradá-lo. A Palavra de Deus também nos mostra o seu amor por nós e por todas as nações, e nos convoca a participar da sua obra redentora no mundo. A Palavra de Deus deve ser lida, estudada, meditada, memorizada e aplicada em nossa vida diária. Ela deve ser o nosso alimento espiritual, pois sem ela não podemos crescer na graça e no conhecimento de Deus nem obedecer aos seus mandamentos.

– Comunhão: A comunhão é o relacionamento que temos com os nossos irmãos em Cristo. Ela nos proporciona apoio, encorajamento, edificação, correção e prestação de contas. Ela também nos permite exercer os dons que recebemos do Espírito Santo para servir uns aos outros e à igreja. A comunhão deve ser cultivada com frequência, pois sem ela não podemos experimentar o amor fraternal nem cumprir a missão em equipe.

– Testemunho: O testemunho é a forma como demonstramos o amor de Deus ao mundo. Ele envolve tanto as nossas palavras como as nossas atitudes. Ele consiste em anunciar as boas-novas de salvação em Cristo Jesus e em viver de acordo com os valores do Reino de Deus. O testemunho deve ser feito com ousadia, sabedoria, graça e humildade, pois sem ele não podemos cumprir a grande comissão nem glorificar a Deus.

Essas são algumas maneiras de alimentar o nosso amor pela obra missionária. Que possamos colocá-las em prática e assim confirmar a nossa vocação para essa obra tão nobre e tão urgente.

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: O amor confirma a nossa vocação para a obra missionária
  • Last updated: 

Comentários