Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

Os dons espirituais e ministeriais servem à obra missionária

leitura diária Os dons espirituais e ministeriais servem à obra missionária


Leitura Diária 1 Coríntios 12

28. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

Efésios 4

11. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,

Reflexão

Os dons espirituais e ministeriais são capacidades que Deus concede aos seus filhos para que possam cumprir o seu propósito na terra. Eles são ferramentas que nos ajudam a servir ao Senhor e ao próximo, edificando o corpo de Cristo e expandindo o seu reino. Neste post, vamos ver como os dons espirituais e ministeriais servem à obra missionária, e como podemos desenvolvê-los e usá-los para a glória de Deus.

Os dons espirituais são manifestações sobrenaturais do Espírito Santo na vida do crente, que visam edificar a igreja e demonstrar o poder de Deus. Eles estão listados em 1 Coríntios 12.8-10; Romanos 12.6-8 e Efésios 4.11. Alguns exemplos de dons espirituais são: palavra de sabedoria, palavra de conhecimento, fé, cura, milagres, profecia, discernimento de espíritos, línguas e interpretação.

Os dons ministeriais são funções que Deus designa a alguns membros do corpo de Cristo para equipar os santos para a obra do ministério. Eles estão relacionados aos cinco ministérios mencionados em Efésios 4.11: apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres. Esses dons são dados por Deus de acordo com a sua vontade e soberania, e não dependem do mérito ou da capacidade humana.

 

Os dons espirituais e ministeriais servem à obra missionária de diversas formas. Vejamos algumas delas:

– Eles nos capacitam a pregar o evangelho com ousadia e eficácia, confirmando a palavra com sinais e prodígios (Marcos 16:20; Atos 4.29-31; 1 Coríntios 2.4-5).

– Eles nos habilitam a discernir as necessidades e as oportunidades de cada contexto cultural e social, adaptando a mensagem sem comprometer a verdade (1 Coríntios 9.19-23; Atos 17.22-34).

– Eles nos fortalecem para enfrentar as adversidades e as perseguições que surgem no campo missionário, mantendo-nos firmes na fé e na esperança (2 Coríntios 12.9-10; Filipenses 4.13; Romanos 8.35-39).

– Eles nos permitem edificar e multiplicar igrejas saudáveis e maduras, que refletem o caráter de Cristo e cumprem a sua missão (Efésios 4.12-16; Colossenses 1.28-29; Atos 14.21-23).

 

Para que possamos usar os dons espirituais e ministeriais de forma adequada e frutífera na obra missionária, precisamos seguir alguns princípios bíblicos:

– Reconhecer que os dons são dados por Deus para a sua glória, e não para a nossa vanglória ou benefício próprio (1 Pedro 4.10-11; 1 Coríntios 12.7; Tiago 4.6).

– Buscar os dons com zelo e amor, desejando os melhores dons para cada situação, sem desprezar ou invejar os dons dos outros (1 Coríntios 12.31; 13.1-3; Romanos 12.3-5).

– Desenvolver os dons com diligência e fidelidade, exercitando-os com sabedoria e graça, submetendo-os ao julgamento da Palavra de Deus e da liderança da igreja (2 Timóteo 1.6; Romanos 12.6; 1 Tessalonicenses 5.19-21; Hebreus 13.17).

– Cooperar com os outros dons em unidade e harmonia, valorizando a diversidade e a complementaridade dos membros do corpo de Cristo, sem competição ou divisão (1 Coríntios 12.12-26; Efésios 4.3-6; Filipenses 2.1-4).

Os dons espirituais e ministeriais são recursos preciosos que Deus nos concede para cumprirmos a nossa vocação missionária. Que possamos usá-los com gratidão e responsabilidade, para a honra e a glória do nosso Senhor Jesus Cristo. Amém!

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: Os dons espirituais e ministeriais servem à obra missionária
  • Last updated: 

Comentários