Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

Tendo coragem e não desanimando com a perseguição

leitura diária Tendo coragem e não desanimando com a perseguição


Leitura Diária Efésios 6
19. E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho,
20. Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.
Reflexão

Como cristãos, somos chamados a viver com coragem e perseverança diante das dificuldades e da perseguição que podemos enfrentar por causa da nossa fé. Neste post, quero compartilhar com vocês algumas reflexões sobre como podemos manter a nossa esperança e confiança em Deus, mesmo quando o mundo parece se opor ao nosso testemunho.

A primeira coisa que precisamos entender é que a perseguição não é algo novo ou surpreendente para os seguidores de Cristo. Desde o início da igreja, os cristãos foram perseguidos, caluniados, presos, torturados e mortos por causa do nome de Jesus. O próprio Senhor nos advertiu que no mundo teríamos aflições, mas que devíamos ter bom ânimo, pois Ele venceu o mundo (João 16.33).

A segunda coisa que precisamos lembrar é que a perseguição não é um sinal de fracasso ou de abandono de Deus. Pelo contrário, a perseguição é uma oportunidade de demonstrar a nossa fidelidade e o nosso amor a Deus, seguindo o exemplo de Cristo, que sofreu por nós, deixando-nos um modelo a seguir (1 Pedro 2:21). Além disso, a perseguição é uma forma de participarmos dos sofrimentos de Cristo e de nos prepararmos para a glória que nos será revelada (Romanos 8.17).

A terceira coisa que precisamos fazer é orar pelos nossos perseguidores e abençoar aqueles que nos maltratam. Essa é uma atitude que revela o nosso caráter cristão e que pode ter um impacto positivo na vida daqueles que nos odeiam. Jesus nos ensinou a amar os nossos inimigos e a orar por aqueles que nos perseguem, para que sejamos filhos do Pai celestial, que faz nascer o seu sol sobre maus e bons e faz chover sobre justos e injustos (Mateus 5.44-45).

A quarta coisa que precisamos buscar é o apoio e a comunhão dos nossos irmãos e irmãs na fé. Não estamos sozinhos nessa jornada. Temos uma família espiritual que pode nos encorajar, consolar, fortalecer e interceder por nós. A Bíblia nos exorta a não deixarmos de congregar-nos, como é costume de alguns, mas a nos animarmos uns aos outros, ainda mais quando vemos que o dia se aproxima (Hebreus 10.25).

A quinta coisa que precisamos cultivar é a alegria e a gratidão pelo privilégio de sofrer por Cristo. Isso pode parecer contraditório, mas é uma realidade bíblica. Os apóstolos se alegraram por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas pelo nome de Jesus (Atos 5.41). Paulo e Silas cantavam louvores a Deus na prisão (Atos 16.25). Tiago nos exorta a considerarmos motivo de grande alegria o fato de passarmos por diversas provações (Tiago 1.2).

Essas são algumas dicas de como podemos ter coragem e não desanimar com a perseguição. Espero que elas sejam úteis para vocês e que possam fortalecer a sua fé em Deus. Lembrem-se de que Ele está conosco em todos os momentos e que nada pode nos separar do seu amor (Romanos 8.38-39). Que Deus os abençoe!

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: Tendo coragem e não desanimando com a perseguição
  • Last updated: 

Comentários