Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

A Igreja e a proclamação das Boas-Novas

leitura diária A Igreja e a proclamação das Boas-Novas


Leitura Diária 1 Coríntios 1

21 Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação.

Reflexão
A Igreja é chamada a ser uma comunidade de fé, esperança e amor, que testemunha o reino de Deus no mundo. Uma das formas de cumprir essa missão é através da proclamação das Boas-Novas, ou seja, o anúncio do evangelho de Jesus Cristo, que é a boa notícia de salvação, libertação e transformação para toda a humanidade.

A proclamação das Boas-Novas é uma tarefa urgente e necessária, pois vivemos em um mundo marcado pelo pecado, pela injustiça, pela violência, pela dor e pela morte. Muitas pessoas estão perdidas, sem esperança e sem sentido para suas vidas. Elas precisam ouvir e experimentar o amor de Deus, que se revelou em Jesus Cristo, o Salvador e Senhor de todos.

A proclamação das Boas-Novas é também uma tarefa desafiadora e complexa, pois envolve não apenas a comunicação verbal, mas também a demonstração prática do evangelho. A Igreja deve proclamar as Boas-Novas com palavras e com obras, com coerência e com compaixão, com sabedoria e com ousadia. A Igreja deve proclamar as Boas-Novas a todas as pessoas, em todos os lugares, em todos os tempos.

A proclamação das Boas-Novas é, por fim, uma tarefa gratificante e abençoadora, pois traz glória a Deus e benefício ao próximo. A Igreja que proclama as Boas-Novas participa da missão de Deus no mundo e colabora com o seu propósito eterno. A Igreja que proclama as Boas-Novas vê vidas transformadas pelo poder do Espírito Santo e frutos produzidos para o reino de Deus.


Que a Igreja seja fiel à sua vocação de proclamar as Boas-Novas, com graça e verdade, até que Cristo volte!
  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: A Igreja e a proclamação das Boas-Novas
  • Last updated: 

Comentários