Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

A Igreja retratada como virgem pura

leitura diária A Igreja retratada como virgem pura


Leitura Diária 2 Coríntios 11

2. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo.

Reflexão

Em muitas obras de arte e literatura, a Igreja é representada como uma virgem pura, imaculada e sem mancha. Essa imagem simboliza a santidade, a fidelidade e a beleza da esposa de Cristo, que se conserva casta e incorruptível diante do mundo pecador. Mas o que significa essa pureza da Igreja? Como ela se manifesta na história e na vida dos cristãos?

A pureza da Igreja não é uma realidade estática, mas dinâmica. Ela não é um atributo que a Igreja possui por si mesma, mas um dom que ela recebe de Deus e que deve cultivar constantemente. A pureza da Igreja é fruto da graça divina, que a purifica, a renova e a transforma à imagem de Cristo. A pureza da Igreja é também uma vocação, um chamado a seguir o exemplo de Cristo, que se entregou por amor à sua esposa, para santificá-la e apresentá-la a si mesmo gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante (Ef 5.25-27).


A pureza da Igreja se expressa na sua fidelidade ao seu esposo, que é Cristo. A Igreja é fiel quando guarda e transmite fielmente o depósito da fé, que recebeu dos apóstolos e que é iluminado pela Tradição e pelo Magistério. A Igreja é fiel quando vive em comunhão com  os bispos, que são os sucessores dos apóstolos e os pastores do rebanho de Cristo.

A pureza da Igreja não nega a sua humanidade, nem ignora as suas fragilidades. A Igreja reconhece humildemente que ela é santa e pecadora ao mesmo tempo. Ela sabe que nem todos os seus membros correspondem à sua vocação à santidade e que muitas vezes ofendem a Deus e aos irmãos com os seus pecados. Ela sabe que ela mesma precisa de purificação e conversão constantes. Por isso, ela recorre à misericórdia de Deus, que perdoa os pecados pelo sangue de Cristo. Por isso, ela implora o perdão dos homens, pelos erros e escândalos cometidos ao longo da história. Por isso, ela busca a reconciliação e a comunhão com todos os cristãos separados, para restaurar a unidade desejada por Cristo.

A pureza da Igreja é um mistério de amor, que nos convida a contemplar e a participar. Contemplar a beleza da esposa de Cristo, que brilha como uma estrela no meio das trevas do mundo. Participar da sua missão de gerar filhos para Deus, pela pregação da palavra e pelo serviço aos pobres. Que possamos amar a nossa Igreja, como Cristo a amou e se entregou por ela.

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: A Igreja retratada como virgem pura
  • Last updated: 

Comentários