Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

A esperança é uma expectativa ao que não se vê

 

leitura diaria segunda-feira A esperança é uma expectativa ao que não se vê

Leitura Diária 

Romanos 8.
24 Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará?
25 Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.
Reflexão

A esperança, no contexto cristão, é um conceito que vai além de um simples desejo ou anseio. Ela é profundamente enraizada na fé e na confiança em Deus. Em Romanos 8:24-25, o apóstolo Paulo nos oferece uma visão clara sobre a verdadeira natureza da esperança.

Siga o canal "Leitura Diária da EBD" no WhatsApp: CLIC AQUI

Esperança: Expectativa do Invisível

Romanos 8:24-25 declara: "Porque na esperança fomos salvos. Ora, a esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos." Este versículo nos ensina que a esperança é a expectativa de algo que ainda não podemos ver. Ela nos impulsiona a olhar além das circunstâncias atuais e a confiar no que Deus prometeu, mesmo que ainda não seja tangível.

A Paciência na Esperança

Outro elemento crucial que Paulo enfatiza é a paciência. A espera paciente é uma parte integral da esperança verdadeira. Não é uma espera passiva, mas uma espera ativa, cheia de confiança e perseverança. A paciência na esperança significa confiar no tempo de Deus e acreditar que Ele cumprirá Suas promessas no momento certo.

Conclusão

A esperança cristã, conforme descrita em Romanos 8:24-25, é uma expectativa firme e confiante no que não se vê. É uma esperança que nos mantém firmes em meio às incertezas, fortalecendo nossa fé e nos ensinando a esperar pacientemente. Ao refletirmos sobre esses versículos, somos chamados a renovar nossa confiança em Deus e a manter viva a chama da esperança em nossos corações.

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: A esperança é uma expectativa ao que não se vê
  • Last updated: 

Comentários