Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

Prestaremos contas do nosso trabalho de evangelização

leitura diária Prestaremos contas do nosso trabalho de evangelização


Leitura Diária Mateus 24
45. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?
46. Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.
47. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.
48. Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá;
49. E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios,
50. Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe,
51. E separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mateus 25
14. Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens.
15. E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.
16. E, tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos.
17. Da mesma sorte, o que recebera dois, granjeou também outros dois.
18. Mas o que recebera um, foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor.
19. E muito tempo depois veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles.
20. Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles.
21. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
22. E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos.
23. Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
24. Mas, chegando também o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste;
25. E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu.
26. Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?
27. Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros.
28. Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos.
29. Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado.
30. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Reflexão

Caros irmãos e irmãs em Cristo,
É com muita alegria que compartilhamos com vocês os frutos do nosso trabalho de evangelização no último ano. Graças à graça de Deus e ao apoio de todos os que colaboram conosco, pudemos levar a Boa Nova do Evangelho a muitas pessoas que ainda não conheciam o amor de Deus.

Neste post, queremos prestar contas de algumas das atividades que realizamos, bem como dos desafios que enfrentamos e das oportunidades que se abriram para o futuro. Esperamos que este relato seja uma forma de agradecer a Deus por tudo o que Ele fez e continua fazendo por meio de nós, e também de motivar vocês a se envolverem cada vez mais na missão evangelizadora da Igreja.

Entre as atividades que realizamos, destacamos:

– A organização de retiros espirituais para jovens, adultos e famílias, nos quais pudemos oferecer momentos de oração, reflexão, partilha e convivência fraterna.

– A participação em eventos da igreja, como a Semana Missionária, o Congresso da família, a Jornada Mundial da Juventude e o Encontro Nacional de Jovens Cristãos.

– A formação de grupos de oração, estudo bíblico e ação social em diversas comunidades, especialmente nas mais carentes e afastadas.

– A distribuição de material evangelizador, como Bíblias, livros, folhetos, CDs e DVDs, entre outros.

– A utilização das redes sociais e dos meios de comunicação para divulgar a mensagem cristã e interagir com as pessoas que nos seguem.

– A colaboração com outras instituições e movimentos eclesiais que partilham da mesma visão e do mesmo compromisso com a evangelização.

Todos esses esforços foram possíveis graças à generosidade dos nossos benfeitores, que nos ajudaram financeiramente e materialmente, e também à dedicação dos nossos voluntários, que doaram seu tempo, seus talentos e sua vida pela causa do Reino de Deus.

No entanto, sabemos que ainda há muito a fazer. Muitas pessoas ainda não conhecem Jesus Cristo ou se afastaram dele por diversos motivos. Muitas situações de injustiça, violência, pobreza e opressão ainda clamam por uma resposta cristã. Muitas oportunidades de anunciar o Evangelho ainda estão à espera de serem aproveitadas.

Por isso, não podemos nos acomodar nem nos contentar com o que já fizemos. Precisamos continuar avançando na missão que Deus nos confiou, com coragem, criatividade e fidelidade. Precisamos contar com a ajuda do Espírito Santo, que nos capacita e nos envia. Precisamos contar com a intercessão do Espirito Santo, que é a estrela da evangelização. E precisamos contar com o apoio de vocês, que são nossos irmãos e irmãs na fé.

Convidamos vocês a se unirem a nós nesta obra evangelizadora, seja através da oração, da doação ou do voluntariado. Juntos, podemos fazer a diferença no mundo e levar a esperança do Evangelho a todos os corações.

Que Deus os abençoe e os guarde!

Equipe de Evangelização

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: Prestaremos contas do nosso trabalho de evangelização
  • Last updated: 

Comentários