Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

Contradição nas Genealogias de Jesus

Mateus 1:6-16:
Mateus apresenta a genealogia de Jesus, conectando-o a Davi por meio de Salomão. A lista contém 28 gerações desde Davi até Jesus.

Lucas 3:23-38:
Lucas, por sua vez, fornece outra genealogia, traçando a linhagem de Jesus através de Natã, outro filho de Davi. A lista é mais longa, abrangendo 43 gerações até Jesus.

Possíveis Resoluções:

Propósitos Teológicos:
Alguns estudiosos sugerem que as genealogias foram elaboradas com propósitos teológicos específicos. Mateus pode ter enfatizado a realeza messiânica, ligando Jesus à linhagem real de Davi, enquanto Lucas enfocava a humanidade universal de Jesus.

Adoção e Levirato:
Outras interpretações consideram a possibilidade de adoção ou do levirato (casamento do irmão com a viúva) como elementos que explicariam as diferenças nas genealogias.

Variações Textuais e Nomes Comuns:
Variações nos manuscritos antigos e o uso comum de certos nomes naquela época podem explicar divergências.

Importância Teológica:
Apesar das discrepâncias, ambas as genealogias destacam a ligação de Jesus à descendência de Davi, enfatizando a importância messiânica de sua linhagem.

Conclusão:
As genealogias divergentes podem ser compreendidas à luz de objetivos teológicos específicos e práticas culturais da época. Essa aparente contradição destaca a complexidade das Escrituras e a necessidade de interpretação cuidadosa para compreender o significado teológico subjacente às genealogias de Jesus.

  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: Contradição nas Genealogias de Jesus
  • Last updated: 

Comentários