Pular para o conteúdo principal

ESCOLA-EBD.COM

O Sinal Vindo do Céu (Números 10.11 -12)

I. “Ora, aconteceu, no ano segundo, no segundo mês, aos vinte do mês, que a nuvem se alçou de sobre o tabernáculo da congregação”, o que significava que os israelitas deveriam andar novamente. 

II. O Desmonte das Tendas (Números 10.13-28): As doze tribos seguem a coluna de nuvem. 
III. O Pedido de Moisés (Números 10.29-32): Moisés tenta assegurar os serviços de seu cunhado como guia através do deserto. 
IV. A Segurança da Nuvem (Números 10.33-36): Cada vez que a Arca é erguida para seguir a nuvem, Moises diz; “Levanta-te, Senhor, e dissipados sejam os teus inimigos, e fujam diante de ti os que te
odeiam”. E cada vez que a nuvem para e a arca é baixada: “Volta, ó
Senhor, para os muitos milhares de Israel”.
V. As Canções durante o Caminho (Números 11-12)
A. A rebeldia e a punição de Israel (Números 11.1-9, 31-35)
1. Primeira ocorrência (Números 11.1-3): Fogo desce sobre alguns israelitas que se queixam de Deus sobre um lugar que mais tarde se chamará Tabera.
2. Segunda ocorrência (Números 11.4-9, 31-35): Alguns dos estrangeiros que acompanham Israel começam a reclamar: “Lembramo-nos dos peixes que no Egito comíamos de graça, e dos pepinos,
dos melões, das cebolas e dos alhos. Mas agora a nossa alma se seca; coisa nenhuma há senão este maná diante dos nossos olhos”. Deus envia codornizes para alimentá-los, mas ele também
os pune com uma praga.
B. O desânimo de Moisés (Números 11.10-30)
1. A razão de sua reclamação (Números 11.10-1 5): Moisés diz a Deus que o fardo de liderar um povo rebelde é muito pesado para ele carregar e que ele prefere a morte a liderá-los.
2. Os resultados de sua reclamação (Números 11.16-30)
a. Os 70 (Números 11.16-25): Deus instrui Moisés a convocar 70 líderes para o Tabernáculo. Aí Deus unge 70 anciãos israelitas com seu Espírito para ajudarem Moisés a liderar o povo. Os líderes profetizam neste momento, mas é a única vez que isto ocorre.
b. Dois em particular (Números 1 1.26-30): Dois desses anciãos, Eldade e Medade, estão ausentes quando os outros se reúnem, mas eles começam a profetizar no acampamento. Moisés instrui Josué a não detê-los, dizendo: “Oxalá que do povo do Senhor todos fossem profetas, que o Senhor pusesse o seu espírito sobre eles!”
C. O desrespeito de Miriã e Arão (Números 12.1-16)
1. Os motivos do desrespeito deles (Números 12.1-3): Miriã e Arão (irmãos de Moisés) criticam Moisés por dois motivos:
a. Ele se casou com uma mulher cusita.
b. A ele foi dada mais autoridade sobre os israelitas.
2. O resultado do desrespeito deles (Números 12.4-16): Deus repreende Miriã e Arão severamente. Miriã fica leprosa. Arão suplica que Moisés ore para que a lepra de Miriã seja curada.
fonte: bíblia em esboços
  • Autores do blog: Ivaldo Fernandes
  • Título: O Sinal Vindo do Céu (Números 10.11 -12)
  • Last updated: 

Comentários